segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

David

Hoje, o David contou-nos como foi ver Montalegre em dia de neve e que aí almoçou e fez um boneco e uma casa de neve.

Claro que foi, como sempre, muito sintético nas palavras. Mas toda a gente percebeu como foi o dia e qual o tamanho do boneco e da casa de neve.

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Enigma das três princesas

Um rei tinha três filhas e estava na altura de terem um tutor.
Apareceram treze candidatos e o último, Sebastião, de 36 anos, apresentou-se dizendo:
– Que posso eu fazer para ser tutor das vossas filhas, Majestade?
E o rei respondeu:
– Terás que ser um homem inteligente e responder ao seguinte enigma: Quais são as idades das minhas filhas?
O candidato não percebeu como chegar ao resultado.
– Vou dar-te três pistas: A soma das suas idades é o número de candidatos. Se multiplicares as idades delas obterás a tua idade e a mais velha é loira.
– Já sei!

Qual é a idade de cada uma?

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Amizade

A amizade é um dos bens mais preciosos que existem!
Com um amigo, podemos ser nós próprios e dividir as alegrias e tristezas da vida. Amigo é aquele que te ouve, talvez te faça notar se errares, mas não te julga, antes te dá conselhos ou conforto com as suas palavras.
Mesmo nos momentos difíceis, sabemos que podemos cotar com os verdadeiros amigos e, juntamente com eles, enfrentar todas as adversidades.

Um bom ano para todos! 
Lara Cardoso

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Atelier de escrita

Hoje iniciámos atividades de escrita criativa com o escritor Pedro Chagas Freitas.

Sem nos apercebermos, organizou-nos em quatro grupos com a proposta de atirar um avião de papel contra o quadro onde escrevemos os nomes por que gostaríamos de ser tratados, durante as próximas sessões.


Depois chegou o tempo do desporto...
com escrita iniciada por lançamentos ao cesto.
Cada cesto, um ponto e pontos diferentes, atividades diferentes em textinhos pequenos em grupo.

 


1 – Dani; Bia; Tiga; Leonor e Violeta. 
2 – Margarida; Dodo; Beatriz; Sofia e Rui. 
3 – Mikey; Nody; Vitória; Albertino e Gonçalo. 
4 – Mafalda; Chuc; Lima; Elisa. 




No final os textinhos foram lidos, apreciados e pontuados.

Grupo 1 – Nesse mar vivia uma sereia que desejava viver no solo. Todos os dias observava, por entre as pedras, os seres vivos da terra, antes de adormecer ficava horas a fio a pensar nos humanos. Um dia ela foi descoberta e tentaram matá-la.
Era um dia e o mar estava bravo. Os peixes tentavam sobreviver à tempestade.

Grupo 2 – No dia seguinte, a sereia na costa do mar encontrou um rapaz que lhe disse:
– És linda e muito elegante!
– Obrigado pelo elogio. Também és encantador.
As suas irmãs não gostavam que ela andasse com ele.

Grupo 3 – Uma sereia passeava pelo mar. Essa sereia chamava-se Gabriela e ela era jovem e muito brincalhona. Ela um dia queria ir para a terra mas não podia porque não tinha pernas e porque o pai não lhe deixava. Um dia queria escrever uma carta a um príncipe mas no fundo do mar não havia papel.
E assim ela não escreveu.

Grupo 4 – Era uma vez uma sereia que gostava muito de visitar lojas de roupa. Tinha uns lindos cabelos dourados e o corpo cheio de pérolas brilhantes. Foi passear com amigas, espreitando todas as montras. De repente viu um vestido maravilhoso, então entrou naquela loja da praça da oliveira.

Um dia depois voltou à loja e comprou o vestido sem querer saber do preço e ficou sem dinheiro.

Cantar Janeiras

Em coro formado pelas turmas do quarto ano, cantámos no Grande Auditório da Casa das Artes.

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014