quinta-feira, 16 de Outubro de 2014

Dia Mundial da Alimentação



Neste Dia Mundial da Alimentação provámos fruta que nunca tínhamos provado e alguma que não conhecíamos mesmo.
Alguns dos frutos que provámos são mesmo muito doces, outros de sabor estranho e o marmelo é bem ácido! 

Depois pensamos e conversámos sobre a importância da alimentação e de que a mesma seja saudável. 
E até nos lembrámos deste texto de Eugénio de Andrade sobre ...

" Frutos"

Pêssegos, peras, laranjas,
morangos, cerejas, figos,
maçãs, melão, melancia,
ó música de meus sentidos,
pura delícia da língua;
deixai-me agora falar
do fruto que me fascina,
pelo sabor, pela cor, 
pelo aroma das sílabas:
tangerina, tangerina.

domingo, 12 de Outubro de 2014

Reconhecimento

A turma Girassol apresenta o seu reconhecimento à Direção do Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco que, muito especialmente na pessoa da Diretora Dr.ª Fátima Cerqueira, sempre revelou muita atenção e carinho pelas atividades da nossa turma, muito especialmente as que vieram a transpor os muros da nossa escola, como as atuações do Coro Girassol, sob a direção do Prof. Rui Mesquita, culminando com a gravação do CD "Os Cozinheiros da Oz", e a participação no atelier de teatro promovido pelo Centro de Estudos Camilianos.
A nossa turma tentou sempre honrar essa atenção, respondendo com criatividade, responsabilidade, empenho e dedicação para aprender, fazer e ser cada vez melhor.
Pelo que neste dia, recebemos com especial satisfação uma camisola com o grafismo do Agrupamento.
Aqui deixamos os nosso agradecimento a toda a Equipa Diretiva que agora termina o seu mandato e os desejos de felicidades futuras.
À Dr.ª Fátima Cerqueira dedicamos todo o nosso carinho.
Quanto às camisolas...

Para já é muita a vaidade mas comprometemo-nos a honrá-las e a usá-las nos momentos em que a identificação se justificar.


quinta-feira, 2 de Outubro de 2014

Dia Mundial da Música

1 de outubro é o dia mundial da música e para o comemorar aceitámos o desafio do Professor Rui Mesquita e mais uma vez seguimos a sua orientação em momentos musicais que foram do nosso agrado e do público que nos acompanhou.
De manhã, Juntámo-nos, na Biblioteca da Escola Júlio Brandão, com alunos mais velhos que nós, desta escola e da Camilo Castelo Branco, para tocar.
Foi uma bela manhã musical em que interpretámos um tema chamado “Country Dance” com recurso a intrumentos de "Orquestra Orff" e flautas de bisel
, em jeito intimista, para apenas duas turmas de quinto e sétimo ano. 
À tarde, o Auditório da Escola Camilo Castelo Branco encheu-se com alunos do pré-escolar e do primeiro ciclo de várias escolas para ouvir as mesmas peças, mas em jeito de um verdadeiro concertor.
Pelo palco, passaram Bárbara Azevedo, Carolina Sousa, Francisco, com flauta transversal; Mafalda Morais em guitarra clássica; Ana Vilarinho, Beatriz Costa, Francisca e Margarida que cantaram; Sara e Mariana ao piano e ainda as nossas colegas da turma sorriso Carolina e Inês da turma sorriso, que cantaram.
No final ouvimos o violino da Ana Azevedo, que já não é aluna do agrupamento.
Foi o Professor Rui Mesquita que conduziu o espetáculo nos orientou a todos. 
Obrigado ao Professor Rui e à equipa das Bibliotecas Escolares do Agrupamento, por nos proporcionarem tão bom momento.


Foi um dia em cheio!
Cansativo, é certo, mas em cheio!


quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

Estudar é importante

Era uma vez uma menina chamada Sofia que gostava de aprender coisas novas.
Quando a professora disse à turma que iam aprender os ossos do esqueleto humano a Sofia ficou receosa porque nunca tinha estudado uma matéria que lhe parecia tão difícil.
Estudaram o crânio, depois o tronco e a seguir os membros. Para não falhar nada, a professora mandou escrever os ossos do esqueleto, no caderno, como trabalho para casa e a Sofia ficou triste porque não sabia os ossos todos, então a professora disse-lhe:
- Não fiques assim. Podes ir ver tudo ao livro! Lês, aprendes e escreves. 
- Sim professora, vou respeitar essa ordem: ler, aprender e escrever!- pensou a Sofia, mais à vontade.
No dia seguinte a Sofia foi para a escola, como os seus colegas de turma, mas com um sorriso colorido na cara. E então, o Miguel, que é seu amigo, perguntou-lhe:
- Estás tão feliz porquê?
- Porque consegui estudar os ossos todos do corpo, escrevê-los como a professora pediu e ainda, memorizá-los. Queres ver?
Tocou! E toda a gente acabou as conversas de recreio e entrou.
Já na aula, a professora pergunta à turma:
- O que sabeis sobre o Esqueleto Humano?
A Sofia levantou o dedo e começou logo a falar:
- Sei que o esqueleto tem duzentos e seis ossos distribuídos pela cabeça, tronco, membros superiores e inferiores. Na cabeça existem os seguintes ossos entre o crânio e a face, frontal, temporais e occipitalEsfenóide, Etmóide, maxila, mandúbula...



- Muito bem Sofia! Disseste tudo correto! - Interrompeu a professora. - mas tens que deixar também falar os teus colegas.


E a aula continuou. Todos os alunos foram referindo os seus estudos e as suas listas de ossos e dos duzentos e seis, ficaram poucos por referir.
No final a professora concluiu assim:
- Vês agora porque mandei a turma fazer este trabalho de casa? É para saberem mais e não se esquecerem os ossos.


Esquema que a Sofia usou no seu estudo: